Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘noite’

insone

 

que poema
virá comigo
primaverar a noite
em explícito
?
valéria tarelho

Read Full Post »

senhor ninguém

diminuto como
minúsculo átomo
assombra-se ante
a macro madrugada

mínimo it – errático –
acua-se – atônito – perante
macabra mácula maiúscula
NOITE

soez em sua
pessoal insônia
sonha ser apto
:
capaz de vencer
quartos – quantum sufficit – de luas
delir o peso das dunas horas
em pose [líquida]
de lira

delira ser o sol
o cerne o sumo a sanha
do poema maior

calor que derrete
a rima do horror noturno
em ritmo [ab]soluto

sagez em sua
pessoal insânia
sente: é luz

e dilui a cúpula do breu
cuja cópula [cúmplice] com phobos
liquida a lírica

das virgens manhãs

Read Full Post »

das emboscadas

das armadilhas
que a vida
improvisa

: o dia
cheio de sur
presas
com prazo vencido

: a noite

drástica
que mal droga
meus fantasmas

[mais vivos do que eu
que caio nessa cilada
que a vida arma
que a vida planta
que a vida leva
no bico]

dos becos
de obscura saída
: a vida

o sol nasce
para todos
os defeitos

Read Full Post »