Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Escritoras Suicidas’

“A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar”
Tom /Vinicius

não creio
em carma causa efeito
acaso destino
assim estava escrito

acredito
na brisa que passa
na brasa que bisa
na bossa nossa

no tom no tato
no tento
eu e tu: momento

em Escritoras Suicidas, ed. 13 | dez/06

em Germina Literatura – raros

Read Full Post »

se eva me ouvisse
[e não à serpente]
teria (a)provado
outro fruto
algo menos verde
maduro de tudo

aguardaria no éden
novo élan da criação:
um tipo james dean
um ar de alan delon
um it brad pitt

[ou qualquer um
dos james bond]

adão?
[tsc tsc tsc]
puta falta de opção!

in Livro da Tribo, ed. 2009

em Escritoras Suicidas,
ed. 14 |mar/07

Read Full Post »

revôo

dia desses
deixei um bilhete
na porta do freezer:

“fui ali ser feliz
e já volto”

aí saí afoita
ao encontro
dessa tal felicidoida

o curioso foi que a vi
frente a frente

o triste
é que voltei
como disse

em Escritoras Suicidas,
ed.04 | mar/06

Read Full Post »

antes
a insônia

era o peso

sono:
desejo branco

brando relevo
no véu
da névoa
[noiva
– pudica –
do orcus
negro]

irrelevante
o grafite
cal[ma]
virgem
onde erige
a noite núpera

[núpcias
às portas
da morte]

nada mais
absurdo
que a luz
além do muro
nada mais
lúcido
que há pez
absoluto

agora
o sono
crê [criança]
em levez
na balança

só mede
o medo lúdico
de amanhecer
para o recreio

te sonho amor
no descuido
do pesadelo

em Escritoras Suicidas,
ed. 12 | nov/2006

Read Full Post »

s.o.s. solidão

sonho
que
comporta
outros
corpos
pesa
pouco

tenso
o pesadelo
que
suporta
cama

:
sem
soma
de
t[r]emores

em Escritoras Suicidas,
ed.9 | ago/06

Read Full Post »

o tempo ruge
a vida (r)uiva
a noite (rave)
vib(o)ra
em tons neons

na solitária do poema
uma loucura
(loura?)
nua de estilo
estrila cor alguma

em chamas
ri de si
– estrela insana –
reduzida
a cinzas

[ foro íntimo
queima
o que outrora
fora índigo ]

…e chove
aforismo
lá fora

em Escritoras Suicidas,
ed. 13 | dez/06

Read Full Post »

julieta
aventureira
trocou romeu
por robin hood

e viveu
um lance
fast-food

[“para sempre”
é (un)happy end
de filminho démodé]

em escritoras suicidas, ed. 14
março/2007

Read Full Post »