Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘diálogos’

legado

[no meio do caminho tinha uma perda]

 

 

possível até prever:
a paixão [perfume]
passará

como outras perdas
[performance de pétala]
fará parte de uma seca
paisagem

na certa [carlos]
um poema pedirá
passagem

venha com seda
ou pedra polêmica
na bagagem

 

 

valéria tarelho

a Drummond

Anúncios

Read Full Post »

[ao leitor]

 

só há uma lei
nesta página
de ninguém

aqui onde
rima reina
à rédea curta

onde razão
confunde-se
com rasura

nada além
da lei
tu[r]a

 

 

valéria tarelho

*ins_pirado no Ricardo Silvestrin

Read Full Post »

post mortem

se a morte
é o mote
mato o cobra
e mostro
o pau [lo]

psicografo
um po[l]ema
meio polaco
meio afro

obra póstuma
que late e morde
como o próprio
cachorro louco

[por quem morro]

 

valéria tarelho

poema tendo como mote “epitáfio para o corpo” e “epitáfio para a alma”, de Paulo Leminski

Read Full Post »

alguns encantos mudam
sem mandar aviso
e fico só – no pó do aguardo –
nutrindo espírito & ácaros

contas
livros
propagandas
cobranças
:
chegam de hábito
onde habita
o previsível

cadê [vinícius]
a casa
muito engraçada
do improviso
?

 

 

valéria tarelho

Read Full Post »

insídia

saio à noite
perfume barato
lume
que é química
incita
madrugadas
incendeia
camas

pirilampoetriz
notívaga errante
vadia
insinuante

poeta das ruas
trago a poesia
entre as pernas
inserta
incerta
vaga

bunda
pirilâmpica
candeia
fosforescente
a pisca-piscar
:
acende
à paga

 

 

 

valéria tarelho

releitura do poema ¨luminseto¨, de sidnei olívio – set/2003

Read Full Post »

ora pílulas

se o poeta
finge dor
o poema
forja
uma fuga
da morfina

metáfora rima
& heterônimas
aspirinas

o poeta
– pessoa –
tanto mente
quanto sente

 

 

valéria tarelho

publicado no Livro da Tribo 2012/2013, Ed. da Tribo

Read Full Post »

suas seis faces
cabem em meu lado
fêmea de fases

só não digam
pensem
falem

deixem o papo
quadrado

ralem e rolem
– em meus quartos –
os dados

valéria tarelho

 

[em resposta ao poema abaixo, de Al-Chaer no post “ao cubo“, de Rubens Guilherme Pesenti – blog Poemastigando]

 

potência
[AL-Chaer]

Homem ao Cubo
tu és fera

elevas

por
uma mulher à primeira

Read Full Post »