Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘alma’

so [n]ice

o gelo
não pertence
a meu inverno
de minuanos internos
que apetecem
outra pele

o gelo
derrete-se [antes]
ante um lance
solar
[olhar
que me revela
amena]

à revelia
da alma

polar

 

 

valéria tarelho

Read Full Post »

fui criada ao acaso
em meio a uma crise
de insônia
(maybe um orgasmo
de insânia)

posso ser um último ato
(sem direito a reprise)
algo límpido
algo lúcido
implícito no desatino
de um deus-menino
(perhaps algo sujo
no jato do gozo
de um diabo adúltero)

possuo fases de lua
– inúmeras faces –
repousa em meu peito
um vulcão dormente
– que no leito irrompe –
cúmplice do vento
sou o disfarce que ele ousa
e quando caio das nuvens
desmancho em magma

(talvez não passe de um dueto
entre inferno
e firmamento

quem sabe poesia humana
refém saída da lama
à superfície da alma)

em Máquina do Mundo
ed. 01 | abril/2005

em Escritoras Suicidas
ed. 29 | ago/2008

Read Full Post »

esporádico

existe um abraço
que conforta
acalma ao toque
estanca & aquece
o frio (re)corrente

esqueço o mundo
– daninho –
do lado de fora
se me acho no
espaço dentre o
(ex)certo abraço

rosas não falam
simplesmente exalam

rosas exilam
– com tato –
esporas & espinhos
(très) brut_
ais

rosas – não raro –
brotam apreço
ao raso da
pele morta
e desabrocham pétalas
pós espera :
branca & seca

há um abraço
– blasto –
que me floresce
em pleno asfalto

Read Full Post »

soul

sou como este
sábado de sol
:
suor & sede
norte ao sul

e tal o
sinuoso s
que este céu
azul sugere
e não possui

só sabe-se
do embuste
o seio

[solo alheio
c insinua
sem sabê-lo]

Read Full Post »